Brasil

Traficante que destruiu terreiro de macumba no Rio vai preso

bandidos invadiram o local em junho.

O responsável pelo tráfico de drogas em Duque de Caxias na Baixada Fluminense, Jefferson Anísio da Silva, vulgo Jefinho, foi detido por policiais, neste último sábado (3).

Pesou sobre ele a acusação de ter participado também do ataque intolerante a um centro espírita de matriz africana, no mesmo município Fluminense. O fato ocorreu no dia 11 de junho.

Jefferson e outros criminosos como elemento surpresa, entraram no local, que está ativado há mais de meio século. Os bandidos segundo informações da responsável do espaço foram truculentos e agressivos com ela, obrigando-a a quebrar e destruir todos os guias e orixás da casa.

Segundo ao Departamento Geral de Polícia da Baixada (DGPB), Jefferson Anísio da Silva, faz parte do grupo faccioso do traficante Álvaro Malaquias Santa Rosa, que tem o apelido de Peixão. Ele  é a pessoa responsável  por ordenar que se acabe  terreiros em comunidades demarcadas por seu comando. Jefinho ainda tinha uma ordem de prisão por ter cometido tráfico e associação para o tráfico de drogas.

No mundo do crime, principalmente no tráfico de drogas e assalto a mão armada, as religiões e ou os credos são divididos. Alguns pregadores durante suas mensagens, contam que o traficante em sua maioria tem criação cristã evangélica. E que quando crescem por falta de oportunidades e influência do meio em que vivem, optam pelo mundo do crime, mas que no seu íntimo existe um temor a palavra de Deus.

Já por outro lado, existem bandidos que fazem qualquer coisa para se proteger dos seus adversários. Foi assim que aconteceu com o Celso Pinheiro Pimenta o “Playboy” , que pediu para o pai de santo , dar um banho de sangue de animal , no seguimento da religião isso seria para proteção de sua vida. Não adiantou, ele morreu em uma troca de tiros com a polícia em 2015 no  mesmo ano.

Dayana Ribeiro da Silva

Dayana Ribeiro Desde menina sempre foi apaixonada por televisão, noveleira assídua desde as tramas alá Maria do Bairro ou intensas como o furacão Carminha. Formada em Publicidade e Propaganda em 2014. Escreve desde que se conhece por gente.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Open chat
Envie seu conteúdo agora!
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do O Buxixo Gospel.