22 C
Palmas
sexta-feira, 22 janeiro, 2021

Valdemiro Santiago e esposa Ganham benefício de chanceler.

Saiba Mais

Dayana Ribeiro da Silva
Dayana Ribeiro da Silvahttps://www.obuxixogospel.com.br/
Dayana Ribeiro Desde menina sempre foi apaixonada por televisão, noveleira assídua desde as tramas alá Maria do Bairro ou intensas como o furacão Carminha. Formada em Publicidade e Propaganda em 2014. Escreve desde que se conhece por gente.

Publicado em:

O Ministério das Relações Exteriores entregou o documento passaporte diplomático a dois membros da Igreja Mundial do Poder de Deus: que são os próprios líderes da instituição: Valdemiro Santiago de oliveira, e Franciléia Castro Gomes de Oliveira.

- Advertisement -

A publicação veio no Diário Oficial da União (DOU) nessa última sexta- feira, 9 de agosto.

De acordo com a decisão, o Itamaraty outorgou o documento, com validade de 3 anos cada, “por entender que, ao portar passaporte diplomático, seu titular poderá desempenhar de maneira mais eficiente suas atividades em prol das comunidades brasileiras no exterior”.

Há pouco tempo,  a autoridade e  chanceler Ernesto Araújo assinou portaria autorizando também o missionário RR Soares, fundador da igreja internacional da graça de Deus , e sua digníssima esposa Maria Magdalena Bezerra Ribeiro Soares, ambos da mesma igreja, e também ao empresário e líder da Igreja Universal do Reino de Deus , Edir Macedo e Ester Bezerra.

Há três anos atrás em 2016, o líder religioso Romildo Romulo Soares e  sua esposa também receberam  o passaporte diferenciado, mas logo após a validade documental foi cancelada, por uma liminar da justiça,

Que entendeu que o direito representava “desvio de finalidade” e “mero privilégio”.

O passaporte diplomático dá direito ao seu titular, privilégios como atendimento prioritário em postos de imigração e o não pagamento de taxa de visto em alguns países.

Uma resolução de 2006, assinada por Lula que era presidente na época, enumera 12 classes de categorias, que têm acesso ao passaporte diplomático, como o gestor nacional, membros do Congresso Nacional, entre outros, mas não a líderes religiosos, porém de tempos para cá essa realidade tem mudado.

A legislação, entretanto , dá oportunidade para que o ministério das   Relações Exteriores possa outorgar  o benefício do passaporte  a outras pessoas envolvidas “em função do interesse do País”, que por sinal vem sido muito efetivado pelo Itamaraty e grande liderança evangélica.

 

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Advertisement -

Últimas

- Advertisement -

Veja Mais

- Advertisement -
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x