Notícias Gospel

lider religioso protesta conta leis antiaborto, defende transexualidade e fica conhecido como “Pastor lacrador”.”

“Nossos irmãos transgênero têm batimentos cardíacos”, escreveu emletreiro da igreja

 

O pastor Adam Ericksen, da Clackamas United Church of Crist, localizada em Oregon, nos Estados Unidos. Colocou uma placa na frente de sua igreja com uma frase que fazia críticas a lei antiaborto e que defendia às pessoas transexuais.

“Nossos irmãos transgêneros tem batimentos cardíacos.” Dizia a placa de visão claramente esquerdista.

Atualmente, vários países têm formulado leis a cerca do aborto permitindo que o ato somente ocorra quando o coração do bebê para de bater completamente. Isso tem acendido revolta em pessoas que são a favor da legalização total do aborto

Com Ericken, não foi diferente. Sem pensar duas vezes, o pastor evangélico se posicionou contra tais leis. Além disso, o líder religioso aproveitou para fazer menção a um outro tema também muito polêmico no meio cristão, a transexualidade.

A foto do pastor ao lado da placa teve uma grande repercussão em todas as redes sociais com mais de 5,3 mil compartilhamentos. Consequentemente, não demorou muito para que os comentários começassem a chover nas postagens.

“Recebemos centenas de mensagens, inclusive de pessoas transexuais dizendo que gostariam de ter uma igreja como essa em sua área. As pessoas têm sede de saber que são amadas”, contou o pastor Ericksen à CNN.

Nos Estados Unidos existe uma tradição nas igrejas. A maioria dos templos possuem um letreiro na frente com frases que são trocadas semanalmente pelo pastor local. Ericksen por sua vez tem aproveitado para fazer mensagens chamativas como “Deus te ama do jeito que ele te fez!”. Além disso, as mensagens não se restringem a aborto e pessoas trans. Em uma outra manhã por exemplo, ele criticou a supremacia branca. Em outra, fez um alerta a cerca da quantidade de pessoas mortas por armas de fogo.

As imagens são sempre compartilhadas no Facebook da igreja e, a pesar de algumas polêmicas que surgem com isso, tem funcionado para atrair milhares de pessoas, principalmente as pertencentes às classes consideradas como minorias sociais.

Comentários

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo