22 C
Palmas
sexta-feira, 22 janeiro, 2021

Assembleia perde membros, após estes afirmarem que ela está se atualizando.

Saiba Mais

Dayana Ribeiro da Silva
Dayana Ribeiro da Silvahttps://www.obuxixogospel.com.br/
Dayana Ribeiro Desde menina sempre foi apaixonada por televisão, noveleira assídua desde as tramas alá Maria do Bairro ou intensas como o furacão Carminha. Formada em Publicidade e Propaganda em 2014. Escreve desde que se conhece por gente.

Publicado em:

Após anos sendo considerada uma igreja rígida, algumas coisas em sua legislação e doutrinas acabaram mudando, contudo, alguns membros vendo no que ela está se tornando afirmam que ela não é mais pentecostal como antes e decidem abandona-la.

- Advertisement -

Calvinização é o termo usado para se referir a uma tradição reformada, ou seja, uma teologia reformada, que segundo Davi Souza editor do site JM noticiais são “práticas típicas do Movimento Pentecostal — evangelismo pessoal, cultos ao ar livre, cultos de doutrina e reuniões de oração”. O assunto que está percorrendo este fato é de que atualmente está ocorrendo uma tentativa de calvinização das Assembleias de Deus.

Sendo o maior ministério evangélico do Brasil a Assembleia de Deus tem passado por sérios problemas. O maior que ela enfrenta atualmente é um êxodo, o qual vários de seus membros atuais á tem abandonado, estes estão abandonando a doutrina pentecostal pregada e abraçado o calvinismo/cessacionismo.    

Segundo o pastor presbiterianos Augusto Nicademus e Calvinista os pastores tem de se preparar para receberem centenas de fiéis que estão abandonando suas igrejas e afirmou que “Os reformados precisam se preparar para receber as centenas e centenas de irmãos pentecostais e neopentecostais que descobriram a fé reformada pela internet e estão vindo cheios de expectativa e esperança para as suas igrejas“ e completou dizendo, que estes “procurando alguém que pregue Bíblia”, e que estes dirão “E quando a pessoa menos espera ela diz: ‘eu não posso continuar na minha igreja’, porque eu aprendi o que é a Bíblia “.

Estes dão como motivos de suas saídas que, as igrejas as qual pertenciam estavam sem (sem fundamento bíblico e muito ligadas à chamada “teologia da prosperidade”) saindo assim das (cujas características sempre foram a pregação evangelística e ungida, os estudos bíblicos, a oração, o batismo no Espírito Santo como revestimento de poder para cumprir o Ide de Jesus, o exercício dos dons — sobretudo a profecia — e a frequência na Escola Bíblica Dominical).

Este é apenas o primeiro motivo. Outro motivo é que apontam sobre um vácuo doutrinário empregado pela liberdade que eles dado, como cultos ao ar livre e liberdade de expressão a assuntos que não condizem com a doutrina da igreja.  Algumas tem se moldado para atrair e não perder a membresia fazendo cultos para um público especifico tirando assim a busca pelo espirito santo em comunhão. Outros apontam para os jovens que de acordo com estes estudam e acabam tendo mais acessibilidade a bens materiais, os quais acabam retirando a atenção deles e os fazem ser mais vaidosos. Estes afirmam que devido a mudança que ocorre nestas igrejas, ou como dizem na atualização. Eles não aceitam que a igreja mude conforme o tempo e sim seja sempre rigorosa e não mutável.

- Advertisement -

5 COMENTÁRIOS

Subscribe
Notify of
5 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
- Advertisement -

Últimas

- Advertisement -

Veja Mais

- Advertisement -
5
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x