Notícias

6 interessantes fatos envolvendo os “pactos com o diabo” que provavelmente você desconhece.

Conheça mais sobre essas impactantes histórias

Bastante se especula acerca de pactos com o diabo, relatos macabros o qual acontece a venda da respectiva alma das pessoas envolvidas, destinadas a entidades infernais em troca de que haja realizações pessoais, sucesso e até mesmo coisas a níveis bem mais banais, como a destruição de algum determinado relacionamento e exemplificações do gênero. Conheça alguns fatos interessantes, extraídos do Fatos Desconhecidos, acerca dos pactos com o diabo que talvez ninguém tenha te contado:

1. O pacto

O pacto pode ser por meio oral ou através da escrita. Se fosse um documento ele era escrito por meio do sangue. No período da inquisição, diversas suposições de pactos foram forjados a fim de ganhar convicções.

2. A “marca do diabo”

A famosa “marca do diabo” foi muito procurada em bruxas, porque as pessoas criam ser da marca que o diabo deixou no corpo da bruxa assim que a tocou a fim de que fosse selado o pacto. Durante séculos, os tribunais afirmavam que a marca poderia ser somente uma verruga, uma cicatriz ou tão somente sardas, e isso era a justificativa suficiente para que tivesse um veredito de condenação.

3. Sacrifício de crianças

A demonologia afirma que, para que se possa fazer pacto com o diabo é necessário sacrificar crianças em troca, e tempos atrás muitas parteiras foram acusadas. A triste realidade é que diversas crianças morreram logo ao nascer, e assim as pessoas culpavam as parteiras, julgando-as como bruxas, porque era uma maneira de justificar o ocorrido.

4. Poderes

As pessoas acreditavam que quem praticava pacto com o diabo possuía alguns poderes como conhecimento ilimitado, juventude eterna, riqueza inesgotável e o amor que você deseja ou poder total sobre algo ou alguém.

5. Judeus

Logo no começo do séxulo nove a figura do judeu era tida como um mediador no negócio, assom como você pode ler no texto “Miraculum Sancte Marie Theophilo Penitente”.

6. Pactos na Roma Antiga

No século II, Roma fazia a acusação de que os cristãos dos mesmos fatos que, mais tarde, eles utilizavam a fim de sinalizar pactos com o diabo de prováveis bruxas: o sacrifício de crianças, reuniões clandestinas, adoração de determinados animais, etc.

Comentários
Mostrar mais

Paulo Sales Dias

Lucas Mendes é um destacado jornalista especializado no mundo gospel, com mais de uma década de experiência em cobrir eventos e notícias desse segmento. Com um profundo conhecimento da música e cultura gospel, Lucas se dedica a trazer as últimas novidades, entrevistas exclusivas e análises aprofundadas do cenário gospel nacional e internacional. Formado em Comunicação Social com foco em Jornalismo, ele possui uma paixão pela história e evolução da música gospel, contribuindo significativamente para a apreciação e compreensão deste gênero musical. Respeitado por sua integridade e abordagem imparcial, Lucas Mendes é uma referência no jornalismo gospel, sempre buscando destacar as diversas vozes e talentos deste vibrante e inspirador segmento.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo