22 C
Palmas
sexta-feira, 22 janeiro, 2021

Doria devolve apostilas com ideologia de gênero às escolas.

Saiba Mais

Dayana Ribeiro da Silva
Dayana Ribeiro da Silvahttps://www.obuxixogospel.com.br/
Dayana Ribeiro Desde menina sempre foi apaixonada por televisão, noveleira assídua desde as tramas alá Maria do Bairro ou intensas como o furacão Carminha. Formada em Publicidade e Propaganda em 2014. Escreve desde que se conhece por gente.

Publicado em:

João Doria, atual governador de São Paulo, afirmou a imprensa que, ele ordenou a devolução das apostilas que foram por ele recolhidas, pois ele afirma que elas fazem apologia à “Ideologia de Gênero, e essa semana elas serão devolvidas as redes escolares sem haver nenhuma modificação em seu conteúdo.

- Advertisement -

O governador aproveitou a ocasião e fez uma citação, fazendo um paralelo entre sua atitude acerca das apostilas, com a gestão do atual prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, onde ele ordenou o recolhimento de todos os livros com conteúdos homossexuais da Bienal do Livro.

“Houve uma certa mistura de temas com o que aconteceu no Rio. Aqui em São Paulo não fazemos censura”, afirmou Doria.

A decisão tomada pelo governador de São Paulo foi sentenciada pela Justiça paulista, onde ela ordenou que o governo de São Paulo devolvesse, no prazo de 48 horas, todas as apostilas as escolas, sob a argumentação de que a medida por ele tomada “lesava o patrimônio público e o erário”.

Mesmo que haja, a possibilidade de que o governador Doria, recorra sobre a decisão, ele mesmo se pronunciou a empresa local, afirmando que não irá, mas recorrer sobre o caso “Ao invés do confronto, nós preferimos o diálogo” disse Doria.

A juíza Paula Fernandes Souza Vasconcelos Navarro, foi quem anulou a decisão do governador, “Diante do exposto, defiro a medida liminar requerida para determinar a suspensão do recolhimento das apostilas do programa “SP Faz Escola” destinadas aos alunos do 8º ano do ensino fundamental da rede pública estadual, material relativo ao terceiro bimestre do ano letivo de 2019″, escreveu a juíza.

“Determino, ainda, que as apostilas já recolhidas não sejam descartadas ou destruídas, bem como sejam devolvidas aos estudantes que tiveram o material recolhido, no prazo de 48 horas, de modo que possam ser utilizadas pelos professores que delas necessitarem, sob pena de multa a ser fixada em caso de descumprimento da ordem” terminou ela.

 

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Advertisement -

Últimas

- Advertisement -

Veja Mais

- Advertisement -
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x