Brasil

Escritora revela preconceito ao dizer que todo crente é “ex-alguma coisa”

declaração chamou atenção dos internautas nas redes sociais

A palestrante e escritora Maria Luquet contou em seu instagram que antes de ser cristã tinha um certo preconceito contra os evangélicos e dizia que parecia que todo crente convertido era ex alguma coisa, que refletia que as pessoas que vinha para Jesus tinha grandes deformidades de caráter. Veja a publicação de Maria Luquet sobre sua visão sobre os crentes antes de se converter:

“Lembro-me das conversas que me envolvia antes de ser cristã, e que um dos temas mais abordados era: “JÁ PERCEBEU QUE TODO EVANGÉLICO É EX ALGUMA COISA?” A aparente pergunta, na verdade, carregava a afirmação de que o povo de Deus possuía desvio de caráter diante do passado exposto.

Pois bem, hoje como cristã sei que todo ser humano possui desvios em seu caráter, a diferença é que o cristão é aquele que reconhece seus desvios e anseia ser consertado. Uma vez que o Homem não se envergonha do seu passado, é sinal de que foi liberto de si mesmo e tal exposição não evidência a superioridade de quem ainda esconde o pecado debaixo do tapete, mas o arrependimento de quem deu nome ao seu pecado e submeteu o pecado ao Nome de Jesus.

De fato, todo cristão é EX ALGUMA COISA, porque enquanto outros deuses permitem uma “espiritualidade” hipócrita, em Cristo não há espaço para uma vida dupla. Com ação de graças sou “EX” muitas coisas, visto que, se sou “ex”, já não sou e se já não sou, pela Graça deixei de ser”, disse a escritora. O preconceito que a pregadora disse ter sentido contra os evangélicos é bem comum e não são raros os testemunhos de pessoas que tinham os mais variados pensamentos sobre crente e depois de se converter mudaram de opinião.

Maria Luquet é um dos nomes da nova safra de pregadores cristão pós-modernos. Ela tem ido a várias igrejas pregar e dá palestras para mulheres também por todo o Brasil.

Comentários

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo