Notícias

Bomba! Pastor famoso faz ameça de morte por ter suspostamente se relacionado com prostitutas

A acusação veio de um missionário que trabalhava com ele na Europa

A Bahia conhecida por ser ser de todos os “santos”, está chocada por mais um “santo que “caiu no pecado”. Assustadoramente, um áudio que circula nas redes sociais que deve ser do Pastor Fabrício Abreu, revelou um escândalo na Assembléia de Deus na Bahia. A princípio, Fabrício foi enviado para a Espanha e sofreu por não receber salários e aí que o pastor Uziel Couto entrou na história.

Então, Uziel foi denunciado por Fabrício por não efetuar os pagamentos, ter supostos casos com as prostitutas europeias e sempre ficar de ressaca por sempre cair na bebedeira. Possivelmente, o áudio que seria de Abreu, relata que ás vezes era necessário a presença de Couto na Espanha. Porém, quem arcava com as despesas dele era a igreja da Espanha.

Contudo, Uziel se aproveitava da viagem missionária internacional, para pegar mais dinheiro da igreja de São Sebastião de Passe, com a desculpa de visitar a igreja na Espanha, sendo que ma gravação consta que as passagens já estariam pagas.

” Ele vinha fazer o que tinha que fazer. Usar com bebidas, com prostitutas. Comprar iphone, comprar roupas e não pagava meu salário que já que tinha mais de cinco meses atrasados”, diz o suposto áudio do missionário Fabrício.

Assim, Abreu pressionou Couto que lhe pagasse, já que a dívida já estava em quase oito mil reais de salários atrasados. Pressionado, Uziel comprou a passagem de volta de Fabrício, pois queria se livrar dele.

” Comecei a contestar ele, comecei a ir pra cima e não gostou. O que aconteceu? como a igreja já tinha muita dívida, o pastor daqui foi e fechou a igreja ( que seria de Madri), e eu retornei”, contou o missionário.

Por fim, o missionário Fabrício disse que se sentiu traído, humilhado e jogado fora e que sente muito porque o considerava Uziel um pai, pois ele Fabrício teve um pai presente na infância.

Fonte: gospelreporter.com.br

Comentários

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo