Brasil

Pastor Marco Feliciano é expulso do partido por usar recursos públicos para fins particular

"Ser expulso de um partido por apoiar o presidente Bolsonaro é para mim motivo de orgulho"

Pastor Marco Feliciano é expulso do partido por usar recursos públicos para fins particular

O Pastor e Deputado Federal, Marco Feliciano foi expulso do partido Podemos. Assim, ele foi acusado de violar a ética, moral e infidelidade partidária.

Segundo o G1, o documento foi assinado pelo presidente Mario Covas Neto. Logo, ele afirma que Marco foi expulso por “infração e violação à disciplina, à ética, à fidelidade e aos deveres partidários”.

Ademais, o Pastor foi acusado de utilizar os recursos públicos para uso particular.

“Parece-nos, outrossim, importante destacar que entendemos por desproporcional e pouco recomendado que em pleno ano de 2019 um parlamentar ainda se utilize de recursos públicos para fins particulares vide o caríssimo tratamento dentário feito pelo representado e pago com dinheiro do povo”, afirmou Mario.

No entanto, em defesa publicou em sua rede social uma nota que aceitava a decisão, porém negava as acusações.

“Ser expulso de um partido por apoiar o presidente Bolsonaro é para mim motivo de orgulho.Por isso aceito a decisão”, disse Feliciano.

“Os motivos elencados pelo partido para me expulsar são todos mentirosos. Afinal, se fosse verdade, teriam que expulsar quase todos os deputados federais”.

O presidente Covas Neto, o acusou em uma rede social pessoalmente, por não só infidelidade mas por uso de dinheiro público.

“Deputado Marco Boca de Ouro Feliciano, o senhor sabe muito bem que a sua expulsão se deu por uma série de motivos, não só por infidelidade partidária. Não é razoável que R$ 157 mil seja usado na boca de um parlamentar e não em benfeitorias para a população”, afirmou Mario.

Feliciano contra-argumentou: “Ser expulso de um partido por apoiar o presidente Bolsonaro é para mim motivo de orgulho. Mario Covas Neto ficou com medo de eu ser candidato à prefeito de São Paulo e me expulsou, pois colocou o Podemos a reboque dos interesses de seu parente Bruno Covas”.

Dayana Ribeiro da Silva

Dayana Ribeiro Desde menina sempre foi apaixonada por televisão, noveleira assídua desde as tramas alá Maria do Bairro ou intensas como o furacão Carminha. Formada em Publicidade e Propaganda em 2014. Escreve desde que se conhece por gente.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Open chat
Envie seu conteúdo agora!
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do O Buxixo Gospel.