23 C
Palmas
quinta-feira, 21 janeiro, 2021

Pastor chora ao saber de abuso sexual e abala a comunidade evangélica

Saiba Mais

Dayana Ribeiro da Silva
Dayana Ribeiro da Silvahttps://www.obuxixogospel.com.br/
Dayana Ribeiro Desde menina sempre foi apaixonada por televisão, noveleira assídua desde as tramas alá Maria do Bairro ou intensas como o furacão Carminha. Formada em Publicidade e Propaganda em 2014. Escreve desde que se conhece por gente.

Publicado em:

O pastor Anderson silva , líder da Igreja Vivo por Ti, veio em um vídeo em sua rede social, emocionado, para falar de um assunto que o tocou muito.

- Advertisement -

Anderson falou sobre um pai, que entrou em contato com ele, falando que sua filha tentou suicídio. O motivo para essa adolescente chegar a esse ponto, foi de que, ela teria sido abusada sexualmente por um líder religioso.

O pastor que é idealizador do projeto “ Machonaria: Resgate da Masculinidade Patriarcal”, onde busca, através de palestras on-line e cursos presenciais , para o resgate da hombridade e regaste do sacerdócio masculino, e como se tornar um homem bíblico.

Anderson, que se empenhado em classificar o machismo como uma maldição, tem reunido assinaturas para averiguação de possíveis vítimas de abusos de seus pastores.

Esse abaixo- assinado foi feito para notícias possíveis casos de abusos feitos por um homem que foi pastor por 40 anos e nos últimos anos trabalhou como departamental na UCB de uma Agência de Desenvolvimento Social Internacional, e hoje está aposentado.

Durante esse tempo em pastoreou e trabalhou nessa agência, cerca de mais de 20 mulheres relataram assédio sexual por parte desse pastor, que foram denunciadas, por algumas, na Delegacia da Mulher em São Paulo.

As vítimas fizeram a denúncia em 2019, a um outro pastor que também trabalhava na área departamental da UCB. Diante das acusações, esse pastor conversou com o acusado do qual teria confessado os seus atos criminosos, mas não houve nenhuma punição a este.

O pastor então, foi aposentado e houve retaliações a essas vítimas, como se elas tivessem contribuído para o assédio.

Diante da omissão da Instituição, mesmo com o relato detalhado das vítimas, estão sendo recolhidas várias assinaturas para uma petição para que o caso seja averiguado juridicamente e a instituição se posicione a respeito dessa situação.

- Advertisement -

13 COMENTÁRIOS

Subscribe
Notify of
13 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
- Advertisement -

Últimas

- Advertisement -

Veja Mais

- Advertisement -
13
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x