Notícias Gospel

Após Valdomiro, RR Soares entra na mira do Ministério Público

Pastor afirma cura através de água


Dessa vez , quem entrou na mira do Ministério Público foi o Missionário R. R. Soares.

Promotores do estado de São Paulo ,estão investigando um vídeo que está circulando pelo Whatsapp, em que o líder e fundador da Igreja Internacional da Graça, mostrava exames de pessoas que foram supostamente curadas de coronavírus através de uma água orada pelo próprio missionário.

Durante seu programa “SOS Fé “, o pastor falou das propriedades milagrosas de uma oração juntamente com a ingestão da água.

Segundo a revista Isto é, R.R. mostra um placar de supostas pessoas curadas pela oração , em várias partes do país que adquiriram a água.

Durante o programa onde mostram as pessoas curadas é pedido uma oferta .

Esse caso está criando polêmica pois anteriormente, o Apóstolo Valdomiro Santiago foi acusado de estelionato, quando prometeu ,através de sementes de feijão branco que , de acordo com o pastor, curavam de covid19.

Para isso, líder da Igreja Mundial estaria cobrando o valor de R$ 1 mil reais, para que os fiéis que adquirissem o produto, recebessem em suas casas.

A justiça decretou então, a retirada dos vídeos do YouTube, com prazo de 7 dias após a decisão.

Assim como no caso de Valdomiro Santiago, promotores vão pedir a retirada dos vídeos do YouTube e também das redes sociais.

O pastor deve ser acusado também de estelionato e charlatanismo, usando a fé das pessoas para arrecadar dinheiro , em troca de uma cura não comprovada.

De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), não existe remédio, vacina ou tratamento comprovados cientificamente que curam o coronavírus.
Por isso, não passa de uma venda de suposta cura em troca de dinheiro de fiéis que usam sua fé para adquirem produtos que não fazem efeito algum.

Comentários

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo