25 C
Palmas
sexta-feira, 27 novembro, 2020

“Mete a mão na cara, joga no chão e pisa no pescoço”, conselho de pastora para mães de filhos rebeldes.

Saiba Mais

Dayana Ribeiro da Silva
Dayana Ribeiro da Silvahttps://www.mvnoticias.com.br/
Dayana Ribeiro Desde menina sempre foi apaixonada por televisão, noveleira assídua desde as tramas alá Maria do Bairro ou intensas como o furacão Carminha. Formada em Publicidade e Propaganda em 2014. Escreve desde que se conhece por gente.

Publicado em:

Pastora Adriele da Silva Ota

Um vídeo de uma pastora evangélica em que diz que filhos que batem ou enfrentam os pais têm que receber “uma mão na cara e uma pisada no pescoço” viralizou nas redes sociais neste fim de semana.

- Advertisement -

A frase foi dita durante um culto da pastora Adriele da Silva Ota, da Assembleia de Deus em São Paulo, no mês passado.

“Jovem que enfrenta a mãe e diz que está endemoniado… Mete a mão na cara, joga no chão e pisa no pescoço, mostra pra ele que quem manda é você (…) Mostra quem é valente”, diz a pastora.

Aparentemente, o discursso foi aprovado pelos fiéis que estavam presentes no local. É que enquanto a pastora pregava, é possível ouvir as pessoas gritando e batendo palmas.

Alguns internautas ,porém, não concordaram com a sua atitude.

“Que isso! Hoje pregam qualquer coisa e o povo da glória”, escreveu um deles.

“Queria saber onde tem isso na bíblia! O povo da mais crédito ao homem do que a bíblia”, observou outro.

Andressa Uruch musa visual e dispara contra evangélicos:”piores demônios”

“Misericórdia. Será que ela faria isso com o filho dela?”, questionou uma terceira.

Mesmo com a repercussão negativa, a pastora diz não está abalada .

“Essas frases negativas não me abalaram, de jeito nenhum. Eu sei que o que falei parece ser muito grave, mas também sei que todos que estavam naquele dia entenderam o contexto”, afirmou.

Segundo a pastora, ela usou uma forma mais fácil  de a população entender.

“Eu falo de um jeito que é para a população entender. Jamais diria para um pai ou mãe bater no próprio filho, mesmo que ele tenha feito isso com eles. A frase é uma metáfora para dizer ‘olha, você precisa mostrar quem é que manda em casa, não pode deixar seu filho fazer o que quiser, tem que mostrar qual é a regra’”, disse Adriele.

Cantor gospel Davir Sacer recebe discos de Ouro e Platina da Som Livre

Adriele tem três filhos, um deles pastor-mirim. O marido também prega em cultos. Nas redes sociais, muitas pessoas apoiaram a pastora, enquanto outras comentavam que “ela não era uma seguidora de Deus”.

Fonte: Uol e O Fuxico Gospel

- Advertisement -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Últimas

3 dias de escuridão acontecerá em 2020?

Um vídeo no YouTube tem viralizado na internet, uma senhora americana sentada  em uma sala simples, afirma ter ouvido a voz de Deus e...
- Advertisement -

Veja Mais

- Advertisement -