Brasil

Mesa Diretora da Câmara envia caso de Flordelis a Conselho de Ética

A Mesa Diretora da Câmara dos Deputados enviou o caso da deputada federal Flordelis (PSD-RJ) para análise da Comissão de Ética da Casa.

A deputada é acusada de ser a mandante do assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo, em junho de 2019.

Cinco dos sete membros da Mesa estavam presentes à reunião, e todos votaram pelo envio: o presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ); o segundo-vice-presidente, Luciano Bivar (PSL-PE); a primeira-secretária, Soraya Santos (PL-RJ); e os deputados Mário Heringer (PDT-MG) e André Fufuca (PP-MA), o segundo e o quarto-secretário da Mesa.

Para eles, a acusação demonstra quebra de decoro parlamentar por parte de Flordelis.

A decisão sobre o processo de cassação do deputado Wilson Santiago (PTB-PB) e a definição da data de retorno das comissões da Câmara durante a pandemia foram adiadas para a próxima sessão da Mesa Diretora.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo