Gospel

Intolerância religiosa contra a Igreja Batista Avivar Poços das Caldas em Minas Gerais

igreja-vandalizada

Caso foi denunciado como intolerância e perseguição religiosa nas redes sociais

A Igreja Batista Avivar, em Poços de Caldas (MG), sofreu um ataque foi vandalizada na noite do último sábado (7). Vândalos picharam a fachada do templo com a frase “morte ao cristianismo”. E ainda desenharam um órgão genital masculino e um símbolo satânico na calçada da Igreja.

Segundo a TV Plan, uma emissora local, o pastor da igreja, Rubisnei da Silveira, considera a mensagem deixada pelos vândalos “um ato de intolerância religiosa”.

https://www.facebook.com/273221749452326/videos/1058195424604063

Imagens da câmera de segurança mostram um veículo ocupado por três pessoas estacionando na avenida Magda Pinto Amarante. Uma mulher e dois homens desembarcam do carro e iniciam as pichações. O pastor e os membros só perceberam as pichações quando chegaram na igreja pela manhã de domingo, quando iriam realizar o culto.

O caso foi denunciado nas redes sociais pelo vereador de Poços de Caldas, Marcelo Heitor (PSC). “Intolerância e perseguição religiosa em Poços de Caldas! Um perigo que se aproxima!”, disse ele no Facebook na segunda-feira (9).

“Minha solidariedade aos membros da Igreja Batista e de todos os cristãos da nossa cidade. Que Deus tenha misericórdia de todos nós!”, acrescentou.

*Com informações de TV Plan

Dayana Ribeiro da Silva

Dayana Ribeiro Desde menina sempre foi apaixonada por televisão, noveleira assídua desde as tramas alá Maria do Bairro ou intensas como o furacão Carminha. Formada em Publicidade e Propaganda em 2014. Escreve desde que se conhece por gente.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo