Brasil

 4 razões porque o feminismo é um dos principais inimigos da mulher cristã

Tema tem seus defensores do meio evangélico em constante crescimento

O Pastor Renato Vargens publicou em seu instagram um texto enumerando 4 razões pelas quais o feminismo é  um dos principais inimigos da mulher cristã. Muitas Mulheres conhecidas do meio gospel tem se voltado para discursos feministas, embora haja um grande combate para a fala no evangelho, ainda assim já há quem de declare feminista de carteirinha. Quando na verdade, Jesus foi  o primeiro a abrir espaço para as mulheres na Bíblia. Espaço que não feria a feminilidade da mulher.

Veja abaixo o consistente texto do Pastor Renato Vargens:

“Bem, antes de qualquer coisa é importante ressaltar que não sou contra as mulheres trabalharem fora, nem tampouco que estudem ou se realizem profissionalmente. Ressalto também que defendo o conceito de que diante de Deus, homens e mulheres são iguais e que devem ser tratados de forma respeitosa sem nenhum tipo de sexismo.

Isto posto e esclarecido, vamos a algumas razões porque acredito que o feminismo pode ser considerado um dos principais inimigos da mulher cristã:

1-) Porque ele diminui e relativiza o papel da mulher, prejudicando sua feminilidade, tornando-a uma tirana em seus relacionamentos familiares, o que inclui é claro, sua relação com marido e filhos.

2-) Porque ele tem transformado a missão da mulher de amar e cuidar da família em uma missão desprezível o que efetivamente vai contra àquilo que as Escrituras consideram como relevante , fundamental e prioritário a vida da mulher.

3-) Porque ele em nome na liberdade e do sexo tem escravizado as mulheres a um comportamento promíscuo e imoral, onde prazer e hedonismo são buscados a todo custo, proporcionando com isso, a frustração, bem como a culpa de uma vida absorta em pecados e transgressões.

4-) Porque ele inverte e polariza os papéis sociais estabelecidos por Deus, entre homens e mulheres, proporcionando com isso famílias desestruturadas, desregradas, e longe dos princípios determinados pelo Senhor de como deveria ser o papel do homem e da mulher tanto na família, como igreja e é claro, na sociedade.

Pense nisso!”, concluiu o pastor.

Comentários

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo