Notícias Gospel

Igrejas evangélicas perdem membros após pandemia

A pandemia que aconteceu no ínicio de março de 2020 trouxe grandes consequências na economia, na política e onde menos algumas pessoas esperavam que é nas igrejas evangélicas. Com a pandemia as igrejas adotaram os cultos totalmente on-line tendo em vista que o governo proibiu através de decreto á aglomeração de pessoas em ambiente aberto e fechado.

Com isso muitas aigrejas fez e continuam fazendo seus cultos através da internet e durante esses dois anos de pandemia todos preferiram não se arriscarem e ficaram em casa participando de um culto on-line. Mas a grande preocupação de algus líderes religiosos, foi a diminuição de dizimistas fieis nas igrejas evangélicas.

Estudiosos acreditam que muitas pessoas pararam de dizimar por dois motivos básicos. A primeira foi que eles viram que não estavam mais em um templo e sim na sua casa eles acreditam que não precisariam dizimar por não está mais em um templo gastando energia, água etc. A outra seria por causa da condição de ficar em casa muitas pessoas começaram a estudarem bastante a bíblia com teólogos e tiraram a conclusão que o Princípio do dízimimo e totalmente da forma que eles Aprenderam nas igrejas.

A grande preocupação de vários lideres religiosos foi ver suas igrejas após pandemia diminuir o número de membros e também de dizimista fieis. Outro dado interessante foi que o números dos desigrejados cresceu bastante em 2021, isso pode ser a consequência da pandemia, o acesso ao conhecimento aumentou ou o amor se esfriou, afirmou o teólogo Rafael Barbosa Santos

 

Comentários

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo