Notícias Gospel

Judith Butler criadora Ideologia de gênero estará no Sesc SP, em petição USP quer barrar

Idealizadora do projeto Ideologia de gênero Judith Butler, está sendo escurraçada em petição que nega a vinda dela ao Brasil para expôr suas teorias

Judith Butler criadora Ideologia de gênero . Ela   virá para o Brasil palestrar no Sesc Pompeia, São Paulo, entre os dias 7 e 9 de novembro. O evento em questão é o seminário internacional “Os Fins da Democracia / The Ends Of Democracy”. Judith Butler, que é doutora em Filosofia pela Universidade Yale e professora de Retórica e Literatura Comparada da UC Berkeley.  Ela foi a convidada para abertura e encerramento.




Judith Butler criadora Ideologia de gênero acredita que “as ações apropriadas para homens e mulheres foram transmitidas para produzir uma atmosfera social. atmosfera esta, que mantém e legitima a existência aparentemente natural de dois gêneros”. É o que ela afirma em seu livro “Performative Acts and Gender Constitution, publicado em 1988.

Apesar da construção ideológica se desenvolver nesta obra, seu livro mais conhecido no Brasil é “Problemas de Gênero. Feminismo e a Subversão da Identidade”, de 1990. Na obra, Judith faz uso de autores como Freud, Simone de Beauvoir, Jacques Lacan e Michel Foucault. Sua tentativa é afirmar que o gênero, o sexo e a sexualidade seriam “construídos culturalmente” . Tudo segundo o que a sociedade permite que seja visto como coerente e natural, em uma “ordem compulsória”.



Por isso, a autora afirma que é preciso “desconstruir as ligações entre sexo e gênero”. Deixar a biologia de lado, para que os gêneros sejam “flexíveis e de flutuação livre”. Tais afirmações se tornaram a base da teoria queer. Também conhecida como “ideologia de gênero”.

Judhit Butler não é bem vinda ao Brasil, já negamos a ideologia de gênero, diz a petição

Internautas que souberam de sua vinda estão assinando uma petição que pede o cancelamento de suas palestras no Sesc Pompeia. A nota diz: “Judith Butler não é bem-vinda ao Brasil! Nossa nação negou a ideologia de gênero. No Plano Nacional de Educação e nos Planos Municipais de Educação de quase todos os municípios”.

“Não queremos uma ideologia que mascara um objetivo político marxista. Seus livros querem nos fazer crer que a identidade é variável e fruto da cultura. A ciência e, acima de tudo, a realidade nos mostram o contrário. Sua presença em nosso país num simpósio comunista, pago com o dinheiro de uma fundação internacional, não é desejada.  Pela esmagadora maioria da população nacional. Zelamos pelas nossas crianças e pelo futuro do nosso Brasil”, finaliza com o uso da hashtag “#ForaBrutler”.




A petição almeja alcançar pelo menos 100 mil assinaturas já conseguiu mais de 50 mil. Cerca de 55 mil já assinaram a petição que ainda se encontra disponível na web.

Organizado pelo Departamento de Filosofia da Universidade de São Paulo (USP), em colaboração com a Universidade da Califórnia em Berkeley (UC Berkeley) . Esta é principal sede do pensamento da Escola de Frankfurt na atualidade . O seminário é o segundo encontro do ciclo de conferências do “Convênio Internacional de Programas de Teoria Crítica”. A vinda de todos os palestrantes internacionais é financiada pela fundação americana Andrew W. Mellon Foundation.

 

Informações: Guiame

 



Comentários

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo