Notícias Gospel

Após uma queda no penhasco , adolescente diz :“Eu senti Deus agarrar-me”.

Adolescente diz ter recebido um grande livramento de Deus.

NoBen Foster e seus amigos, fim de semana passada, estavam conhecendo a fundo Frenchman’s Bluff Trail no Cuivre River State Park, localizado em Saint Louis, Missouri, próximo ao penhasco de 36 metros. Enquanto estava lá, seu pé deslisou em uma pedra que o fez cair do penhasco a 15 metros de altura, até que um galheto impediu sua queda.

“Tudo o que eu conseguia pensar era o que vai acontecer a seguir? Eu poderei sair disso? ”, Ele disse à estação local da CBS, KMOV . “Eu apenas joguei meu braço para fora e agarrei de alguma forma, e apenas segurei”

Passaram -se alguns minutos, que pareciam “horas” para Foster, paramédicos e equipes de bombeiros chegaram para encontrá-lo. Uma vez que encontraram o jovem, os bombeiros montaram cordas que ajudaram o adolescente a descer o penhasco.

“Senti Deus me agarrar e me puxar com força”, disse ele, enquanto segurava seu crucifixo.
“Deus agarrou-me e me trouxe para a segurança”, acrescentou.

O jovem foi resgatado e colocado em um barco de resgate que o levou para um hospital próximo. Sua mãe, uma enfermeira, Maria Branon, disse à agência de notícias que temia que seu filho nunca fosse capaz de andar novamente.

“Meu coração parou, eu não sabia o que pensar e além de ser uma enfermeira, eu congelei, eu não sabia se ele estava vivo. O quanto ele está ferido?” disse Branon.

Foster que teve uma clavícula quebrada e pequenos cortes e contusões. Ele passou a agradecer aos socorristas e sua fé por salvar sua vida destanqueda quase fatal .
Momentos como esse de desespero, precisamos nos apegar a fé.Muitos que acabam morrendo,se vão por causa do grande desespero que tragédias como essas geram.Manter a calma e pensar de forma positiva ,pode te tirar de um grande abismo, como o jovem Foster, quando estava caindo do penhasco, diz ter sentido como se alguém o agarrasse e o protegesse da morte.A calma e o pensamento positivo podem te livrar da morte.

Comentários

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo