Notícias Gospel

Gilmar Mendes ataca Publicamente Sérgio Moro e sai em Defesa de Lula

Ministro é acusado de ser defensor de ex-presidente

O ministro Gilmar Mendes, um dos mais criticados atualmente pela direita conservadora no Supremo Tribunal Federal (STF), Fez um ataque ao juiz Sérgio Moro e também ao procurador Delton Dellagnol. Ele fez altas críticas à conversa que foi vazada ilegalmente na internet após os celulares terem sido rackeados. Segundo ele, o tom utilizado entre os dois é suspeito e as mensagens podem ainda gerar consequências para a “Lava Jato”.

“O chefe da Lava-Jato não era ninguém mais, ninguém menos do que Moro. O Dallagnol, está provado, é um bobinho. É um bobinho. Quem operava a Lava-Jato era o Moro”, afirmou Mendes, em uma entrevista à revista Época.Ele também se posicionou politicamente mais uma vez e saiu em defesa do ex-presidente Lula, dizendo que teriam anulado a condenação por conta do vazamento das conversas pessoais.

Eu acho, por exemplo, que, na condenação do Lula, eles anularam a condenação”, afirmou ele fazendo menção  aos trechos das conversas que, segundo ele, sugerem uma colaboração ilegal  entre Moro e Dallagnol.

O ministro do Supremo possui uma reputação manchada e já recebeu inclusive pedidos de impeachment por estar protegendo alguns “bandidos do colarinho branco”. Ele afirma, que houve uma ação criminosa ao se referir a um trecho da conversa onde Moro e Dellagnol avaliam a intimação de uma testemunha.

“Simular uma denúncia não é só uma falta ética, isso é crime”, afirmou Mendes. em seguida, se justificou acerca das críticas que vem sofrendo afirmando que não é de maneira nenhuma contra o combate à corrupção, mas sim contra o que ele definiu como “modelo de Curitiba”.

Mesmo que não tenha sido encontrado nada de ilegal entre as conversas vazadas que tivesse prejudicado o ex-presidente da república, Luiz Inácio Lula da Silva, o Supremo encaminhou dois dias depois do ocorrido, um pedido da defesa de Lula exigindo a saída dele da prisão.

Comentários

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo