Notícias Gospel

Saiba 11 razões do por que pastores são vistos como menos confiáveis hoje em dia.

Pesquisa mostra como a sociedade tem visto o pastor.

 


Temos visto todos os dias, pastores e líderes religiosos se envolvendo em grandes escândalos e fazendo com que a liderança religiosa seja vista de uma forma menos confiáveis pela sociedade.Uma recente pesquisa do Pew Research que a credibilidade do pastor caiu 37% nos entrevistados.Veja o que a pesquisa apurou :

1 – Um número pequeno de pastores que tem falhas em sua moral acaba ganhando grande repercussão da imprensa . A mídia gosta de expor histórias sensacionais por trás de cada falha desses pastores.

“Histórias de abuso sexual, por exemplo, devem ser trazidas aos olhos do público. Mas muitas pessoas agora acreditam que o mau comportamento de alguns é norma entre os pastores”, disse Thom S. Rainer, pesquisador e colunista do Charisma News.

2 – A sociedade tem discriminado a fé cristã

Nesse cenário “não deve ser inesperado que os líderes do mundo cristão sejam vistos de forma mais negativa”, disse Thom.

3 – O pequeno período de tempo de mandato pastoral à frente de congregações. A média de tempo que os pastores ficam junto a uma comunidade caiu muito ao longo das últimas décadas.

“A confiança é construída ao longo de vários anos, e não dois ou três anos. Cada vez menos pastores ficam numa igreja por vários anos”, analisou o pesquisador.

4 – Alguns fiéis da igreja adotam uma postura de propriedade sobre a igreja

“Eles veem a congregação local como um lugar para atender suas necessidades e desejos, ao invés de servir e dar. Se essas necessidades e desejos não forem atendidos, o pastor muitas vezes se torna o foco e passa a ser visto como culpado”, ponderou Thom.

5 – Redes sociais mal utilizadas gera crítica irresponsável

“Há muitas coisas louváveis sobre as mídias sociais. Na verdade, eu sou um usuário assíduo delas. Porém, elas também são um meio para os críticos sem voz expressarem sua opinião sobre pastores (e outros), sem reflexão ou consequências”, constatou o pesquisador.

6 – Alguns pastores possuem uma ética de trabalho abaixo do que precisam ter.
“A maioria dos pastores são exatamente o oposto: eles lutam duro em seu trabalho. Mas os poucos pastores que são preguiçosos e têm pouca responsabilidade machucam a percepção que as pessoas sobre os outros pastores”, exemplificou Thom.

7 – Pastores são muitas vezes os que iniciarão algo novo para trazer mudadanças,causando medo nos fiéis.

“É clichê dizer que o mundo está mudando rapidamente. Muitos membros das Igrejas gostariam que suas igrejas permanecessem na mesma o tempo todo. Essa realidade não é possível, e o pastor é muitas vezes o bode expiatório para o desconforto que vem com a mudança”, disse Thom, fazendo uma análise comportamental dos fiéis.

8 – A sociedade se tornou mais arrogante

“As razões por trás dessa realidade são muitas. Mas congregações e seus líderes não estão imunes a este cinismo generalizado e difundido na sociedade que parece estar crescendo”, lamentou.

9 – Pastores tem falhado em duas áreas principais: liderança e inteligência emocional

“Alguns pastores estão bem preparados biblicamente e teologicamente. Mas alguns não foram ensinados sobre liderança e habilidades interpessoais saudáveis”, observa Thom.

10 – Há esperança hoje para pastores que se consideram competentes e dinâmicos

“Isso se estende até mesmo aos líderes. Mas como observei no ponto anterior, alguns pastores não têm preparação para serem líderes de igrejas”, acrescenta o pesquisador.

11 – Igrejas estão fechando suas portas cada vez mais

“Estimo cerca de 100 mil igrejas na América estão morrendo. Muitos vão fechar suas portas nos próximos anos. Muitos dos pastores destas igrejas são responsabilizados por esta ‘doença’”, finalizou Thom S. Rainer.

Comentários

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo