Brasil

Unica Cantora Gospel não se cala e protesta sobre a morte de Menino Rhuan Maicon

"Não me conformo",disse a cantora sobre o crime

A cantora Eyshila se sensibilizou com o caso do menino Rhuan Maicon,que foi degolado e esquartejado pela mãe e sua companheira em Brasília.O crime chocou o país,mas a mídia não deu muita cobertura,por conta das assassinas serem um casal lésbico.

A frieza com que a mídia tem tratado o caso,tem deixado a muitos indignados e protestado por justiça.Eyshila decidiu falar sobre assunto no dia em que a morte de seu filho completou 3 anos.Como mãe que sentiu uma grande dor na perda de seu filho,a cantora não pôde compreender como alguém tira a vida do filho de forma tão bárbara e pediu a igreja que acorde ,que proteste e  não se cale no pedido de justiça para o crime.A cantora publicou em seu instagram:

“Não vamos esperar que as pedras clamem. Então, clamemos nós. Ei, Igreja, desperta! Quando foi que ficamos tão indiferentes a ponto de não nos comovermos mais com o hediondo? Elas não o mataram porque são lésbicas. Elas o mataram porque são perversas. A perversidade é amiga da iniquidade e companheira da desobediência e da perversão dos valores que Deus estabeleceu .

Ele só nos deixou um grande mandamento: O AMOR.
Ame a Deus acima de tudo e ame ao próximo como a você mesmo. As pessoas não sabem mais quem é Deus, muito menos quem é o próximo. Bem vindo ao mundo insensível que foi desconfigurado pelo pecado. Mas Deus ainda não arrebatou a Igreja, isto significa que ainda temos uma missão nessa terra. Vamos gritar, clamar, orar, chorar entre o pórtico e o altar. Se a gente se calar as pedras vão clamar.

Mas quem disse que Deus chamou as pedras? Ele nos deu uma voz! Meus sinceros sentimentos a mais essa família devastada pelo luto e por essa barbaridade. No dia 14 de Junho de 2019, dia do terceiro aniversário de morte do meu filho, dedico minhas lágrimas ao Rhuan. Ele cumpriu sua carreira e descansou. Aguarda o arrebatamento. Que Deus console o coração de seu pai, avós, tios, primos e amiguinhos. Que Deus tenha misericórdia da alma dessa mãe.

Meu papel aqui não é incitar o ódio de ninguém contra uma classe específica de pessoas. Só quero usar a minha voz pra declarar que eu não me conformo. Eu não aceito essa degradação moral, social e espiritual dominando sobre a minha nação. O Brasil não é isso”,defendeu a cantora.

Dayana Ribeiro da Silva

Dayana Ribeiro Desde menina sempre foi apaixonada por televisão, noveleira assídua desde as tramas alá Maria do Bairro ou intensas como o furacão Carminha. Formada em Publicidade e Propaganda em 2014. Escreve desde que se conhece por gente.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Open chat
Envie seu conteúdo agora!
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do O Buxixo Gospel.