Notícias

Lanchonete cristã cresce mais de 100% e abre 700 novos restaurantes, após ser boicotada por LGBT, nos EUA.

"Nós apoiamos muito a família - a definição bíblica” disse o CEO da empresa.

 A Chick Fil-A é uma rede de fast-food americana, a qual o grupo LGBT, (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais ou Transgêneros), tentou boicota-la, contudo, após o pedido de boicote pela empresa, as vendas do fast-food teve um aumento de mais de 100%.

No ano de 2012, o Diretor Executivo da foi envolvido em uma polêmica, onde ele fez alguns comentários a respeito de casamentos de pessoas homossexuais, de acordo com uma análise feita quando houve a polêmica o total de vendas ficou em 4,6 bilhões de dólares, sendo que desse total 4,1 bilhões foram ganhos apenas no ano anterior.

E no ano de 2018 as vendas alcançaram 10,46 bilhões de dólares, o que tornou o estabelecimento o terceiro maior e mais popular restaurante dos Estados Unidos da América, ficando atrás do McDonald’s e Starbucks.

 Segundo o jornal ‘Journal & Courier, em 17 de setembro,foi organizada uma pesquisa sobre os efeitos do boicote no restaurante, o qual informou que, embora o restaurante tenha perdido alguns de seus clientes, ele ganhou milhares de outros, o que impulsionou a abertura de mais 700 novos restaurantes.

“Os únicos que parecem ter algum tipo de aversão ao popular restaurante de sanduíches de frango são um grupo de extremistas estridentes da extrema esquerda, mas todos eles cabem em uma minivan” disse responsável pelosestudos globais de formação familiar da ‘Focus on theFamily, Glenn T. Stanton. “Eles acusam o Chick-fil-A de ser preconceituoso sem a menor evidência, apenas porque seus fundadores acreditam que família é formada a partir do casamento entre homem e mulher. Tal posicionamento dos empresários está muito bem com o resto de nós”.

O blog LGBT Towleroad, criticou o restaurante, afirmando que ele é ligado a cristãos conservadores que se opõem ao casamento homossexual, “Se você está comendo Chick-fil-A, está comendo anti-gay publicou o Journal & Courier.

“Nós apoiamos muito a família – a definição bíblica da unidade familiar” disse Dan Cathy, o Diretor Executivo da rede de restaurantes. “Somos uma empresa familiar e somos casados ​​com nossas primeiras esposas. Agradecemos a Deus por isso” terminou ele.

 

Comentários
Mostrar mais

Paulo Sales Dias

Lucas Mendes é um destacado jornalista especializado no mundo gospel, com mais de uma década de experiência em cobrir eventos e notícias desse segmento. Com um profundo conhecimento da música e cultura gospel, Lucas se dedica a trazer as últimas novidades, entrevistas exclusivas e análises aprofundadas do cenário gospel nacional e internacional. Formado em Comunicação Social com foco em Jornalismo, ele possui uma paixão pela história e evolução da música gospel, contribuindo significativamente para a apreciação e compreensão deste gênero musical. Respeitado por sua integridade e abordagem imparcial, Lucas Mendes é uma referência no jornalismo gospel, sempre buscando destacar as diversas vozes e talentos deste vibrante e inspirador segmento.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo