Brasil

Lanchonete cristã cresce mais de 100% e abre 700 novos restaurantes, após ser boicotada por LGBT, nos EUA.

"Nós apoiamos muito a família - a definição bíblica” disse o CEO da empresa.

 A Chick Fil-A é uma rede de fast-food americana, a qual o grupo LGBT, (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais ou Transgêneros), tentou boicota-la, contudo, após o pedido de boicote pela empresa, as vendas do fast-food teve um aumento de mais de 100%.

No ano de 2012, o Diretor Executivo da Chick-fil-A foi envolvido em uma polêmica, onde ele fez alguns comentários a respeito de casamentos de pessoas homossexuais, de acordo com uma análise feita quando houve a polêmica o total de vendas ficou em 4,6 bilhões de dólares, sendo que desse total 4,1 bilhões foram ganhos apenas no ano anterior.

E no ano de 2018 as vendas alcançaram 10,46 bilhões de dólares, o que tornou o estabelecimento o terceiro maior e mais popular restaurante dos Estados Unidos da América, ficando atrás do McDonald’s e Starbucks.

 Segundo o jornal ‘Journal & Courier, em 17 de setembro,foi organizada uma pesquisa sobre os efeitos do boicote no restaurante, o qual informou que, embora o restaurante tenha perdido alguns de seus clientes, ele ganhou milhares de outros, o que impulsionou a abertura de mais 700 novos restaurantes.

“Os únicos que parecem ter algum tipo de aversão ao popular restaurante de sanduíches de frango são um grupo de extremistas estridentes da extrema esquerda, mas todos eles cabem em uma minivan” disse responsável pelosestudos globais de formação familiar da ‘Focus on theFamily, Glenn T. Stanton. “Eles acusam o Chick-fil-A de ser preconceituoso sem a menor evidência, apenas porque seus fundadores acreditam que família é formada a partir do casamento entre homem e mulher. Tal posicionamento dos empresários está muito bem com o resto de nós”.

O blog LGBT Towleroad, criticou o restaurante, afirmando que ele é ligado a cristãos conservadores que se opõem ao casamento homossexual, “Se você está comendo Chick-fil-A, está comendo anti-gay publicou o Journal & Courier.

“Nós apoiamos muito a família – a definição bíblica da unidade familiar” disse Dan Cathy, o Diretor Executivo da rede de restaurantes. “Somos uma empresa familiar e somos casados ​​com nossas primeiras esposas. Agradecemos a Deus por isso” terminou ele.

 

Dayana Ribeiro da Silva

Dayana Ribeiro Desde menina sempre foi apaixonada por televisão, noveleira assídua desde as tramas alá Maria do Bairro ou intensas como o furacão Carminha. Formada em Publicidade e Propaganda em 2014. Escreve desde que se conhece por gente.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Open chat
Envie seu conteúdo agora!
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do O Buxixo Gospel.