Notícias Gospel

INTOLERÂNCIA RELIGIOSA: Cristã foi assassinada com um machado em frente ao marido e sua filha de 3 anos, na Índia.

A Índia encontra-se na décima posição na lista de pior nação do mundo no que diz respeito à, perseguição de cristãos.

Um homem de religião cristã, na Índia, contou  que seus parentes ficaram bem enfurecidos pela conversão de seu lar ao cristianismo que levou a morte de sua esposa com um machado e ainda  tentaram matar sua filha de 3 anos.

Rohit Oraon, 25 anos, da remota vila de Lukujhariya, no leste da Índia, falou ao Morning Star News que sua família não aprovava seu casamento com Parvati Devi, uma mulher que fazia parte de uma casta inferior, e eles passaram a tratá-lo como um exilado. O isolamento e o abuso que ele sofreu o fizeram a procurar apoio dos cristãos, onde ele se sentia aceito.

A conversão do casal ao cristianismo ocorreu em 2017 e em seguida seu lar começou a prosperar, causando mais revolta por parte dos parentes dele.

“Meus parentes ficaram chocados com a minha prosperidade. Eles odiavam me ver florescer no meu trabalho”, mencionou  Rohit. “Um pária, sem apoio da família, expulso da família da aldeia sem ninguém para me ajudar e me apoiar, como eu poderia ficar com isso? Feliz e contente?”.

Na noite de 27 de agosto, a tensão teve aumento. Com o pretexto de que as luzes de sua casa estavam incomodando os vizinhos, o irmão de Rohit, Bandhan Ram Oraon, entrou em sua casa com um machado em mãos, seguido por seu pai, tios e primos.

Bandhan correu para atacar Parvati com o machado e o jogou à distância. Parvati se inclinou para escapar do ataque, e o machado atingiu meu pai, que estava logo atrás de Parvati”, recordou Rohit.

Parvati correu enquanto os tios e primos de Rohit estavam segurando-o.

“Bem diante dos meus olhos, vi Bandhan atacar Parvaticom o machado e a vi morrendo, indefesa”,  declarou ele. “Eu escapei das mãos de Bijla, mas não havia mais tempo de acudir Parvati, porque eu podia ver que ela já estava morta. Eu escapei e me escondi atrás de um arbusto”.

“Depois que eles mataram minha esposa, eles ordenaram que todos os cristãos saíssem da região, dizendo: ‘Vamos nos livrar de todos vocês de uma vez por todas'”,adicionou.

A filha de 3 anos do casal, Roshini, estava próximo, chorando, enquanto olhava os tios assassinando a mãe.

Bandhan viu Roshini e pegou a menina de 3 anos com as pernas de cabeça para baixo. Ele estava prestes a matá-la com o machado enquanto eu assistia impotente. Completamente destruído, eu orei: ‘Faça algo Jesus, salve-a”, relatou Rohit.

Quando Rohit olhou outra vez, viu sua filha andando de forma silenciosa em direção à casa de um vizinho.

“Continuei orando em meu coração”, falou ele, adicionando que sua filha achou o portão do vizinho muitocomplicado de abrir e foi para a casa de um outro parente.

“Eu me senti tão infeliz atrás daqueles arbustos”, declarou Rohit. “Esperei que todos eles voltassem para suas casas para poder pegar Roshini e partir, mas mesmo depois de esperar muito tempo, eles não desistiram e continuaram me procurando à noite, com uma tocha nas mãos”.

Comentários

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo