Notícias

Igreja Renascer em Cristo perde causa na justiça para trabalhador que quase morreu por causa da instituição.

Teve que ser socorrido às pressas para sobreviver.

O tribunal regional do trabalho situado em São Paulo (TRT-2) confirmou que a instituição religiosa,  Renascer em Cristo é responsável em deixar um pintor autônomo incapacitado.

O fato aconteceu em meados do ano de 2009, quando o pintor sofreu uma descarga elétrica ao encostar a sua ferramenta de trabalho na fiação.

Imediatamente o homem foi jogado para o chão no acidente e socorrido às pressas de helicóptero. Foi conduzido para o hospital das clínicas, onde ficou internado por 180 dias em Suzano para tratar dos ferimentos e queimaduras.

A juíza Brígida Della Rocca Costa, decidiu dar como causa ganha para o trabalhador e bateu o martelo em seu favor.

O autor de ter sofrido danos morais e estéticos vai receber da organização religiosa R$ 100 mil reais mais 13º salários anuais.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo