Brasil

Pastor se derrete pelo filme Coringa e abala evangélicos.

Disse que o filme tem a ver com a sua personalidade.

O filme Coringa interpretado pelo ator Joaquim Phoenix, tem recebido uma repercussão mista de opiniões, uns viram o filme como um protesto esquerdista em que o protagonista vive uma história de desgraças que o sistema e o estado imputaram nele. Outros veem a mensagem do filme como espetacular, onde incrível um incrível relato em que um louco faz uso de sua imaginação revolucionária e vingadora.

O pastor Anderson Silva, fez questão de anunciar no seu instagram, que faz parte daqueles que estão no grupo dos que acharam o filme um máximo, relatou as suas análises e teses mediante ao que entendeu a respeito do filme e relatou que não sabe se tem a ver com ele no que se trata (anarquista).

“Espetacular! Chocante! Aterrorizantemente reflexivo! Um dia antes eu já tinha chegado à conclusão de minha anormalidade. Cheguei a conclusão de uma nomenclatura que poderia me definir: “CONSERVADOR ANARQUISTA”. Sou um paradoxo que entrega a vida por fundamentos tradicionais, sem perder o feeling de um anarquismo moderado pelo Espírito Santo. Uma obra cinematográfica como Coringa, me leva automaticamente a enxergar além das aparências, enxergar o drama da existência humana que não consegue encontrar a Deus como nossa origem e destino. Sai do cinema convencido de escrever mais um controverso livro. UMA AUTO BIOGRAFIA INTITULADA: O conservador anarquista! (Onde os extremos se encontram)” afirmou o pastor.

 

Dayana Ribeiro da Silva

Dayana Ribeiro Desde menina sempre foi apaixonada por televisão, noveleira assídua desde as tramas alá Maria do Bairro ou intensas como o furacão Carminha. Formada em Publicidade e Propaganda em 2014. Escreve desde que se conhece por gente.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo