Notícias

Número de “desigrejados” cresce a cada ano no Brasil e vem assustando

Segundo IBGE, de 2004 a 2009 o número 2,2%

Número de "desigrejados" cresce a cada ano no Brasil e vem assustando

É como a gente encontrar no meio evangélico algum “ex” alguma coisa (ex-drogado,ex-prostituta, ex-bandido…) Mas decentemente tem aumentado o número dos que se dizem ex-evangélico e também “desigrejado”.

Evangélicos são aqueles que acreditam em Cristo mas que não se identificam com o movimento católico. São oriundos do movimento chamado “Protestantismo.”

Atualmente é muito comum encontrar pessoas que já foram Protestantes ou evangélicos que hoje não são mais. As pessoas que já foram evangélicas e não são mais são conhecidas popularmente como “desviados.” Recentemente tem aumentado o número de pessoas que se denominam evangélicas, acreditam nos fundamentos da fé cristã mas não frequentam nenhuma igreja e que não tem interesse em participar de nenhuma comunidade que são chamados de “desigrejados.”

Esse termo de uma expressão em inglês “unchurched” que significa pessoas que são cristãs mas que não frequentam mais os templos. No Brasil, “desigrejados” já são mais de 4 milhões e suscitam debates teológicos entre lideranças. De acordo com o IBGE (Instituto brasileiro de geografia e estatística), em 2003 apenas 0,7% dos cristãos protestantes se diziam não frequentadores de Templo. Em 2009, esse número já havia chegado a 2,9%.

A decepção é o maior motivo pelo qual a pessoa deixa de ir ao templo físico e se tornar um “desigrejado.” Segundo Diego Ferraz, 38 anos, morador do Rio de Janeiro que se diz desigrejado, o motivo pelo qual ele saiu da igreja física é que o Evangelho tem se tornado um comércio e não é nada disso que hoje se vê na igreja. Ele diz que abandonou a igreja física mas não abandonou a Cristo e ainda diz ser a favor da “reforma da reformar.” Ao ser questionar pelo Youtuber Lucas Medrado se sentia falta da igreja física, Diego muito emocionado, disse que sim, que a igreja deveria ser a maior alegria do Ser humano.

Já o pastor @lucasoficial disse a igreja física é importante para alinhar o comportamento e linguagem dos cristãos e quem anda desconectado de tudo, a acha que está em uma via interessante mas ela faz o que agrada a ela e não aos princípios bíblicos, concluiu o pastor. Qual é a sua opinião?

Comentários

Paulo Sales Dias

Lucas Mendes é um destacado jornalista especializado no mundo gospel, com mais de uma década de experiência em cobrir eventos e notícias desse segmento. Com um profundo conhecimento da música e cultura gospel, Lucas se dedica a trazer as últimas novidades, entrevistas exclusivas e análises aprofundadas do cenário gospel nacional e internacional. Formado em Comunicação Social com foco em Jornalismo, ele possui uma paixão pela história e evolução da música gospel, contribuindo significativamente para a apreciação e compreensão deste gênero musical. Respeitado por sua integridade e abordagem imparcial, Lucas Mendes é uma referência no jornalismo gospel, sempre buscando destacar as diversas vozes e talentos deste vibrante e inspirador segmento.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo