Brasil

Pastor Poncio sofre retaliações dos fiéis após realizar casamento gay

Membros da comunidade Anabatista se levantaram contra a liderança da igreja.

Pastor Poncio sofre retaliações dos fiéis após realizar casamento gay

O pastor Márcio Poncio da Igreja Pentecostal Anabatista, vem sofrendo retaliações dos próprios membros da comunidade que dirige. Os fiéis acusam o religioso de cometer pecado explícito. Isso porque o pastor realizou no ultimo dia 20 de novembro um casamento homo afetivo.

Trata-se da união dos jovens Geraldo Segreto e Hugo Juliani. Consequentemente, o matrimônio dos rapazes acabou não sendo bem aceito no meio evangélico, visto que tal ato iria na contramão dos mandamentos bíblicos. Desta forma, os membros da comunidade Anabatista se levantaram contra a liderança da igreja.

Não bastasse o impasse gerado pela união homoafetiva, a esposa do pastor, Simone Poncio, acabou colocando mais lenha na fogueira. A pastora incendiou o Instagram com publicações de fotos em que aparece nua ao lado do casal. De acordo com Simone, a intenção era homenagear os rapazes. Todavia, a atitude da religiosa foi obviamente mal interpretada pelos seguidores.

De acordo com o pastor, antes de tomar a decisão de realizar o casamento, ele teve o cuidado de ter uma conversa em particular com o líder da instituição. Segundo ele, o conselho que recebeu da presente liderança foi para que ele seguisse seu coração, provavelmente esquecendo a passagem de Jeremias 17:9 “Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá?10 Eu, o Senhor, esquadrinho o coração, eu provo os pensamentos; e isso para dar a cada um segundo os seus caminhos e segundo o fruto das suas ações.”

Sendo assim, não demorou muito para que diversos internautas começassem a criticar as ações do casal. Além disso, pastores evangélicos e cantores famosos também publicaram notas de repúdio às atitudes do casal Poncio.

FONTE: O FUXICO GOSPEL

 

Etiquetas
Comentários

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Botão Voltar ao topo
Fechar