Brasil

Pastor diz que votar “não pe cristão votar” e classifica trisal como “rebeldia”

Pastor diz que votar "não pe cristão votar" e classifica trisal como "rebeldia"
Pastor diz que votar “não pe cristão votar” e classifica trisal como “rebeldia” – Foto/Reprodução

O pastor Marcos Rabi Lopes participou do podcast CipóDcast #054, no Youtube, neste sábado(16), afirmou que não é cristão “votar” em alguém .

A princípio,o líder de uma das Igreja Batista Memorial ,Residencial Mariana,no Acre, disse que   ” o sistema político é uma nojeira. É uma lama só”.

Como um guia de ovelhas, o pastor afirma, a respeito de Bolsonaro, que não é “cristão achar que um homem é infalível, que ele não erra,  que tudo o que ele fizer está certo e que ele tem que ser visto como resposta de Deus para tudo, aconteça o que acontecer”,falou o Marcos.

Apesar de achar a direita e esquerda doentias, o youtuber diz acreditar em salvadores da pátria,pois,“nenhuma nação se levantou sem ter um grande líder, mas aqui eu acho que ainda não chegou”, disse.

“Essa relação da igreja com a política é vagabundagem. Algumas igrejas se comportam como comitê, se for um político na minha igreja eu quero que ele saiba que vai sentar no meio do povo”, declarou.

+ Pastor Silas Malafaia usa redes sociais para falar sobre o caso da prisão o ex- deputado Roberto Jefferson, após falas contra o STF

Sucessão apostólica

O pastor ainda criticou as sucessões apostólicas como inexistentes perante a bíblia.

“Os batistas não acreditam em sucessão apostólica. Quais são os critérios para ser um apóstolo? Ter estado fisicamente com Jesus, ter testemunhado os milagres e a ressurreição. Não existem mais apóstolos. Só existem 13 apóstolos, o resto só está querendo brilhar”, ressaltou.

Trisal do Acre

Sobre o trisal do Acre, o sacerdote, a luz da bíblia, revela: “não existe casal trisal, você vira um trisal. Não é amor, é tesão “”é uma rebeldia contra o criador”.

E finalizou: “Eu aconselharia que se arrependam, porque ainda há tempo. Eles se amam ou tem tesão? É tudo sobre sexo, a base é sexo”, encerrou.

Dayana Ribeiro da Silva

Dayana Ribeiro Desde menina sempre foi apaixonada por televisão, noveleira assídua desde as tramas alá Maria do Bairro ou intensas como o furacão Carminha. Formada em Publicidade e Propaganda em 2014. Escreve desde que se conhece por gente.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo