Brasil

Anitta diz que vídeo com música gospel é fake

Anitta diz que vídeo com música gospel é fake
Anitta diz que vídeo com música gospel é fake – Foto/Reprodução

A cantora Anitta comentou em uma rede social sobre o vídeo circulado na internet,onde aparece rebolando ao sol de uma música gospel .

“Galera, eu nao fiz e nunca faria nenhum video zombando de nenhuma musica religiosa. Respeito todas as religiões. O video que esta circulando por aí é uma MONTAGEM”,revelou a funkeira.

No vídeo original, Anitta dança a música “Wild Side”, de Normani e Cardi B,porém, alguém retirou o som e trocou pela gospel ‘ Espírito Santo’ .

O vídeo logo viralizou nas redes sociais, alcançando 18,7 milhões de seguidores,revoltando os fãs da cantora.

“Taca o processo, mulher”,disse um, “Cadê o profissionalismo de um portal desse tamanho?”, questionou outro. Além de detonarem o instagram que publicou o vídeo:”O problema mesmo foi eles não terem falado que o vídeo era editado”, comentou mais um.

Início no gospel

Vale lembrar que a cantora Anitta já disse que começou a cantar na igreja quando era nova mas desistiu depois de ir pro baile.

“Quando a gente canta em igreja, não é uma coisa profissional, é por amor. A gente canta pela fé e não ganha nada para isso. Sempre gostei de baile funk e sempre frequentei… Mas quando comecei a ir para o baile, já não conseguia acordar cedo para ir à igreja”, revelou.

Processo

Além da polêmica do vídeo editado, a o nome da cantora foi parar na boca de Andressa Urach, que indignada, pediu para que o presidente Jair Bolsonaro processe Anitta.

“Gente, quando falei dar um biscoitinho pra Anitta, eu falei porque estava revoltada de ver ela ofendendo o presidente, achei isso uma falta de respeito, acho que ele tinha que processar ela.Não é por ser uma pessoa pública que ela pode ficar falando o que bem entende, ainda mais ofendendo da maneira que foi ofendido”, escreveu a ex-miss Bumbum.

Andressa Urach, não esconde que é defensora do presidente e finalizou: “Acho que o que está acontecendo com o presidente é um absurdo. É muito feio as pessoas ofenderem (o presidente). Acho que ele deveria processar todo mundo que o chama de genocida. Acho isso um absurdo porque as pessoas não sabem o que estão falando”.

Dayana Ribeiro da Silva

Dayana Ribeiro Desde menina sempre foi apaixonada por televisão, noveleira assídua desde as tramas alá Maria do Bairro ou intensas como o furacão Carminha. Formada em Publicidade e Propaganda em 2014. Escreve desde que se conhece por gente.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo