Brasil

Isadora Pompeo conta como conseguil vencer a depressão.

 

Isadora é um exemplo para todos que querem vencer a depressão, afirmam os internautas e seus fãs.

Isadora Pompeo é uma vlogger brasileira, cantora e compositora de música cristã. Com apenas 19 anos ela já ganhou várias almas para Jesus, e tem se tornado famosa por postar vários vídeos em seu canal contando seu impactante testemunho de vida, bem como de que forma ela venceu a depressão. Em sua recente aparição no programa da Fatima Bernardes na rede Globo, exibido nesta terça-feira, dia (13), o qual foi apresentado que o Brasil é considerando o país mais ansioso do Mundo, ela aproveitou para dar seu testemunho.

Em rede nacional a cantora declarou, “Eu passei por um quadro de depressão ainda quando criança porque tive que lidar com o bullying e a rejeição desde muito nova. Então, eu ganhei uma base e consegui vencer isso. Eu me encontrei em Deus, não na religião. Eu me encontrei na graça e posso dizer que hoje consigo aconselhar milhares de jovens”.

Atualmente no Brasil são relatados mais de 2 milhões de casos de depressão anualmente. Esta doença causa principalmente, baixa auto-estima, falta de interesse em atividades normalmente interessantes, falta de energia, dor sem causa definida. Uma doença que afligem geralmente jovens.

A cantora relatou que em seus shows e ministrações ela tenta sempre fazer um apelo aos jovens, pois para ela esta doença só pode ser vencida após todos os fatos que deixam o paciente inseguro serem resolvidos. E que estes se sentem mais confiantes em falar sobre isso com outros jovens. E que seu testemunho os incentiva a buscarem uma cura.

Ela afirma que com a ajuda dos seus familiares e com paciência e perseverança e principalmente fé, todos podem ser curados desse terrível câncer que aflige o mundo atualmente. Assim como ela conseguiu, qualquer um pode conseguir basta querer lutar por sua vida, pois Deus estará ao seu lado lhe ajudando a conseguir.

Comentários

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo