Brasil

Norte-coreano disse que foi ensinado que os missionários eram terroristas.

De acordo com o portal GUIAME, todos falavam para ele que cristãos eram ruins.

Um indivíduo norte-coreano, que estava à procura de comida, fez a travessia da fronteira para a China e no decorrer de sua busca fez amizade com Han Chung-Ryeol, um pastor. O pastor deixou o chocado ao falar o nome de Deus, pois se considerava ser uma traição e ofensa no regime comunista.

“Na escola primária, fomos ensinados que todos os missionários eram terroristas”, compartilhou Sang-chuldurante um vídeo. “Eles nos disseram que um missionário será gentil com você no início, mas quando o levarem para casa, eles o matarão e comerão seu fígado.”

Após Sang-chul ter cruzado a fronteira, ele pegou cogumelos para vender. Conheceu o pastor Han, que se prestou a ajudar a efetuar as vendas e dar o dinheiro a Sang-chul.

O norte-coreano se questionou a respeito do motivo pelo qual cidadão chinês decidiu lhe ajudá-lo.

“É porque sou cristão”, contou o pastor Han a ele, o que deixou Sang-chul com mais suspeita.

O pastor Han ousou ainda mais quando revelou a Sang-chul: “Deus é real. Há esperança para todas as pessoas.”.

Ele ficou perplexo quando ouviu o nome ‘Deus’ sendo dito em voz alta. “Eu não podia acreditar que ele diria essa palavra, ‘Deus’. Ninguém diz essa palavra”, divulgou Sang-chul em meio a um vídeo.

Depois de certo tempo, Sang-chul fez um pedido ao pastor Han para que ganhasse uma Bíblia.

Sang-chul e sua esposa, e seu melhor amigo, de certa forma nasceram novamente. Eles entregaram o seu coração a Jesus Cristo como seu único Senhor e Salvador e conseguiram ter esperança pela primeira vez.

Um tempo depois, que Sang-chul iniciou o crescimento em sua fé, recebeu trágicas notícias, entre elas a de que o pastor Han teria sido esfaqueado e morto com cerca de tiros em 30 de abril de 2016 através de uma missão do esquadrão de ataque enviado pelas autoridades norte-coreanas.

Dayana Ribeiro da Silva

Dayana Ribeiro Desde menina sempre foi apaixonada por televisão, noveleira assídua desde as tramas alá Maria do Bairro ou intensas como o furacão Carminha. Formada em Publicidade e Propaganda em 2014. Escreve desde que se conhece por gente.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Open chat
Envie seu conteúdo agora!
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do O Buxixo Gospel.