Mundo

Joe Biden é o 46° presidente dos Estados Unidos

O candidato democrata Joe Biden faz uma declaração sobre a apuração dos resultados da eleição americana ao lado da vice Kamala Harris em Wilmington, Delaware, nesta quinta-feira (5) — Foto: Kevin Lamarque/Reuters

Eleito por mais de 270 votos de colégios eleitorais, Joe Biden é o novo presidente dos Estados Unidos.

A ascensão de Joe Biden em um contexto dividido e um colapso de diálogo entre esquerda e direita divididos nos Estados Unidos chama atenção justamente, porquê, o candidata democrata não polariza.

Diferentemente de Barak Obama, o ex- vice presidente, nunca atraiu muita atenção nem diespertou paixões, tanto que, Biden  não tem seguidores fanáticos.

Até mesmo seus eleitores democratas, afirmam que ele está longe de um candidato ideal. Mas é justamente o caráter que tornou Joe Biden, um alvo complicado para Donald Trump.

A imagem pública dele, é de fácil simpatia, além de uma longa sua carreira sem posicionamentos radicais.

O democrata foi eleito a Senador em 1962, no qual cumpriu seis mandatos seguidos, durante 36 anos.

Entre 2008 e 2016, foi vice-presidente de Barack Obama, Biden sofreu derrotas importantes para outros candidatos na prévia das eleições deste ano, ams conseguiu se recuperar e conquistou o direito de desafiar Trump.

Trump diz que vai a justiça pedir recontagem de votos

A vida pessoal de Biden enfrentou duas tragédias familiares: a morte da primeira esposa e de uma filha, ainda bebê, em um acidente de carro, e décadas depois, a morte de um filho, aos 43 anos de idade, vítima de um câncer no cérebro.

O candidato eleito, tem outros filhos, um deles é Hunter , que entrou para o conselho de uma grande companhia de gás ucraniana.

“É difícil imaginar que ele estivesse qualificado para esse emprego. Me parece o típico caso de filho que tira vantagem das conexões familiares para ganhar um monte de dinheiro”, diz Mark Rom, professor de políticas públicas da Universidade Georgetown.

Joe Biden lidera nas pesquisas de voto, e Trump balança

Durante a campanha eleitoral, Biden prometeu dispobinilizar testes gratuitos para combater a  covid19 e criar um programam de rastreamento de novos casos da doença.

Na economia, ele quer aumentar o salário mínimo e impulsionar o mercado interno para que os norte-americanos comprem mais produtos fabricados no país.

O ex- vice presidente ainda promete reunir famílias de imigrantes ilegais que se separam atravessando a fronteira dos Estados Unidos.

 

 

Dayana Ribeiro da Silva

Dayana Ribeiro Desde menina sempre foi apaixonada por televisão, noveleira assídua desde as tramas alá Maria do Bairro ou intensas como o furacão Carminha. Formada em Publicidade e Propaganda em 2014. Escreve desde que se conhece por gente.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo